AS REPRESENTAÇÕES DO CORPO NO ARTESANATO DE MIRITI


Resumo

O trabalho tem como objetivo refletir sobre a representação dos corpos na peça casal de namorados, um artesanato típico de Abaetetuba/Pará. O procedimento de análise é a representação cultural do modo como explorada por Hall (1997). A peça é modelada a partir de marcas como roupas e corte de cabelos, representando os corpos de modo idealizado. Concluímos pela necessidade de promover a desnaturalização das representações, pois o corpo é provisório e produz fissuras em sua superfície sempre reversível.


Palavras-chave: Artesanato de miriti, representação cultural e corpo.


Introdução


Neste trabalho nos propomos a pensar sobre a representação dos corpos masculino e feminino na peça casal de namorados. O popularmente chamado brinquedo de miriti é um artesanato típico de Abaetetuba, cidade ribeirinha localizada relativamente próxima à Belém, a capital do estado do Pará. A modelagem das peças em miriti conta com uma tradição bicentenária, de origem popular e trazida ao presente pela tradição oral. Além de ser a peçachave desta bicentenária tradição, estes artefatos são considerados “elementos estruturantes do Círio de Nazaré” (IPHAN 2004)3 e patrimônio cultural imaterial do estado do Pará (Lei7.433/2010).


A matéria-prima usada na produção dos brinquedos é o pecíolo, braço ou “bucha” retirado da palmeira do miriti, espécie abundante na região das Ilhas da cidade. A bucha do miriti é leve e quebradiça, levando-o a ser chamado de isopor da Amazônia; é esta maleabilidade que permite a grande riqueza de detalhes das peças. Estas ainda guardam certo aspecto de rusticidade, mas atravessaram o tempo e chegaram aos dias atuais por meio da iniciativa das duas associações existentes. Entre os elementos desta bicentenária tradição estão os temas do famoso artesanato; os temas tradicionais são os mais procurados por representam a cultura ribeirinha: as palafitas, canoas, barcos, a fauna e a flora, a alimentação, o lazer, o trabalho e o afeto.




As representaciones do corpo
.pdf
Download PDF • 338KB

Entradas Destacadas